Compartilhe nas Redes Sociais

A exposição à eletricidade dá direito à aposentadoria especial. Portanto, você que é profissional da área elétrica tem direito de se aposentar mais cedo. Não há necessidade de ter 35 anos de tempo de serviço.

 

Conforme a legislação previdenciária, haverá direito a aposentadoria especial nos casos de exposição a tensão elétrica superior a 250 Volts. Portanto, não apenas eletricistas, eletricitários, cabistas e engenheiros elétricos tem esse direito. Todo e qualquer profissional com exposição a esse agente (eletricidade) tem o direito!

 

Essa aposentadoria é concedida quando completar 25 anos de contribuição com exposição ao agente eletricidade acima de 250 Volts. Além disto, a aposentadoria especial tem valor maior do que a aposentadoria comum.

Porém, A APOSENTADORIA ESPECIAL POR ELETRICIDADE ESTÁ SOB RISCO! A Proposta da Reforma da Previdência (de fevereiro/2019) simplesmente acaba com a Aposentadoria Especial por Eletricidade. Para saber mais, veja o vídeo abaixo:

Clique aqui para saber os 9 FATOS IMPORTANTES SOBRE A APOSENTADORIA ESPECIAL E A ELETRICIDADE.

 

Não importa a idade, desde que o profissional tenha 25 anos de trabalho comprovados na área elétrica, há o direito do benefício da aposentadoria especial.

 

 

 

 

ELETRICIDADE DÁ DIREITO À APOSENTADORIA ESPECIAL

Lucas Tubino

Formado em 2001 pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC - Campinas). Advogado especialista em Direito Previdenciário e Trabalhista. Inscrito na OAB/SP 202.142. Associado ao Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário.

4 ideias sobre “ELETRICIDADE DÁ DIREITO À APOSENTADORIA ESPECIAL

  • 9 de novembro de 2018 em 14:05
    Permalink

    Tem um telefone para esclarecer mais duvidas?

    Resposta
  • 11 de fevereiro de 2019 em 16:04
    Permalink

    Meu esposo já completou 30 anos de contribuição porém 22 em empresa como eletricista e o restante como eletricista autônomo ele já tem direito a se aposentar

    Resposta
    • Lucas Tubino
      12 de fevereiro de 2019 em 16:09
      Permalink

      Olá Izabel.
      Se ele conseguir comprovar a exposição a tensão superior a 250 Volts por pelo menos 25 anos, ele pode pedir a aposentadoria especial.
      Para isso, em primeiro, é importante que ele consiga o PPP (documento que faz essa comprovação).
      Se tiver dúvidas como prosseguir, favor enviá-la para nós através do link https://materiais.lucastubino.adv.br/consultaprevidenciaria
      Obrigado!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat